segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Seguindo uma tradição do jornalismo pátrio Lula deve morrer


Existe uma tradição golpista arraigada em grande parte da imprensa brasileira. A defesa de uma interrupção violenta (armada ou não) da normalidade democrática por parte de jornais conservadores tem como um dos maiores exemplos o texto de Carlos Lacerda, publicado em seu jornal Tribuna da Imprensa em 1 de junho de 1950, onde dizia, sem qualquer rodeio:

"O sr. Getúlio Vargas senador, não deve ser candidato à presidência. Candidato, não deve ser eleito. Eleito, não deve tomar posse. Empossado, devemos recorrer à revolução para impedi-lo de governar."

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Na Globo não somos racistas


Na quarta-feira (8 de novembro) o vazamento de um vídeo nas redes sociais culminou com o afastamento do âncora da Rede Globo William Waack. As imagens mostram o jornalista, ao lado de um entrevistado, reclamando do barulho que se ouve ao fundo quando afirma que aquilo “é coisa de preto”. O vídeo, naturalmente, teve grande visibilidade e repercussão, gerando uma onda de indignação e protesto. O episódio, segundo comentários postados pela Internet, revelaria a intolerância, natureza autoritária e conservadora de Waack, desmascarando a fleuma quase britânica com a qual tenta se apresentar.


sexta-feira, 26 de maio de 2017

A fiscalização dos gastos públicos e a democracia


Um grupo de entidades representativas de funcionários dos Tribunais de Contas lançou na Câmara Municipal de São Paulo, em 22 de maio, o movimento Muda TC, cujo objetivo é servir de “plataforma de debate, de acompanhamento dos projetos de leis que tratam dos temas e de abertura de diálogo sobre o assunto com academia, especialistas, jornalistas e agentes políticos e público em geral”.
Organizar um espaço para estabelecer uma política de transparência, eficiência e divulgação de informações sobre a questão das contas públicas e quais impactos que elas causam é, naturalmente, uma boa iniciativa a ser apoiada.

terça-feira, 16 de maio de 2017

Um passeio pelo jornalismo brasileiro


Cásper Líbero, um dos modernizadores da imprensa nacional, foi o responsável pela criação da primeira escola de jornalismo do Brasil, que agora faz 70 anos.

O primeiro curso de jornalismo do Brasil completou 70 anos em 16 de maio de 2017. Seguindo a orientação testamentária de Cásper Líbero, em 1947 foi criada uma escola de jornalismo, atual Faculdade Cásper Líbero, que funciona em um dos edifícios símbolos de São Paulo, o “prédio da Gazeta”, em plena Av. Paulista, palco de inúmeras manifestações populares, desde comemorações esportivas até os protestos políticos.

segunda-feira, 1 de maio de 2017

A greve geral e a traição da imprensa

Imediações da Praça da República, no centro de São Paulo, no dia da greve

No dia 28 de abril de 2017 a população brasileira realizou o que foi considerado por muitos a maior greve geral da nossa história. No entanto, a chamada grande imprensa tratou o caso como sendo um dia de caos no transporte público (em São Paulo ônibus, metro, trem e aviões pararam), potencial fonte de prejuízo econômico e motivo de incômodo para a classe média, além de enfatizar casos de violência e vandalismos.
Sobre a real motivação da greve muito pouco.

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

O carnaval do Temer



O carnaval de 2017,  do golpe, da crise, do protesto, tem incendiado blocos e foliões movidos a cerveja e marchinhas como não se via desde os velhos desfiles do século passado. Compositores anônimos animam a folia popular com suas músicas, apelando para o duplo sentido das letras, algumas simplesmente bem humoradas, outras mais agressivas de declarado protesto.

sábado, 18 de fevereiro de 2017

Todos os dias dos jornalistas


No dia 8 de janeiro muitos fotógrafos, principalmente nas redes sociais, foram parabenizados pela passagem do dia do fotógrafo. Qualquer pessoa, ao consultar um calendário, pode levantar, ao longo do ano, uma série de outras datas comemorativas alusivas ao trabalho da imprensa, dos jornalistas ou da comunicação em geral. Muitas são conhecidas do público mas, na maioria das vezes, sua origem é um verdadeiro mistério. O levantamento a seguir apresenta um resumo destas datas e procura esclarecer o motivo da comemoração, o que nem sempre foi possível.